terça-feira, 31 de janeiro de 2012

'Essa crise mostrou as feridas do órgão', diz ex-diretor-geral do Dnocs

11h52m | 31.01.2012

Elias Fernandes e Ramon Rodriges comentaram o futuro do Dnocs durante a solenidade de posse
O ex-diretor-geral do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), Elias Fernandes, afirmou nesta terça-feira (31) durante a solenidade de posse do novo diretor interino, Ramon Rodrigues, que a crise pode beneficiar o órgão.

Elias considera que a atual crise do Dnocs pode corrigir diversas deficiências estruturais do órgão. "Vocês vão me achar masoquista, mas gostei dessa crise (...) pois ela mostrou as feridas do órgão", conta.

O antigo diretor-geral pediu exoneração do cargo, após denúncias apontadas pelo relatório da Controladoria-Geral da União que indicava um suposto favorecimento de Elias a seu estado de origem, Rio Grande do Norte.

Fernandes ainda apontou que os frutos de todo o seu trabalho à frente do Dnocs serão colhidos em 2012. "Este órgão tem um futuro brilhante pela frente", completa.

Novo diretor
O novo diretor-geral, Ramon Rodriges, alertou que ocupará o cargo somente de forma interina. "Estou numa missão transitória. Quero deixar bem claro que estou assumindo essa função de forma interina", explica.

Ramon nasceu em Pernambuco, mas viveu grande parte de sua vida no Ceará. Ele ocupava, atualmente, a Secretaria Nacional de Irrigação vinculada ao Ministério de Integração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário