quarta-feira, 27 de junho de 2012

Governo quer propostas para enfrentar a seca em parte do RN.




 Foto: Assessoria de Comunicação do Governo do RN.
 


Na noite de segunda-feira (25), a governadora Rosalba Ciarlini se reuniu com os representantes do Comitê Estadual de Combate à Seca, na sede da Governadoria, e ouviu as propostas de enfrentamento das entidades participantes do grupo. O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Rio Grande do Norte (Faern), José Álvares Vieira, propôs que a administração estadual encapasse a distribuição de volumoso para o rebanho potiguar nas regiões mais afetadas pela seca.
“Sugerimos que o governo inclua nos projetos de combate a compra e distribuição de volumoso, como o bagaço de cana, para os nossos animais. Com mais esse projeto, que somados aos outros já iniciados, acredito que sairemos mais rápido dessa seca devastadora”, afirmou Vieira.
O presidente da Federação da Agricultura também sugeriu uma parceria entre o governo e as prefeituras. “As prefeituras poderiam entrar com a ajuda no transporte do volumoso das usinas de cana para algum local onde o produtor rural pudesse retirar o alimento para os animais”, ressaltou Vieira.
Poços e reservatórios
Durante a reunião, a governadora Rosalba Ciarlini assegurou recursos de até R$ 3 milhões para a instalação e recuperação de 300 poços. No primeiro momento, foi determinado que R$ 1 milhão será disponibilizado para a ação. Os recursos próprios do Governo do RN priorizarão o investimento em reservatórios comunitários e de associações de diversas localidades do estado.
Além disso, foi criado um Plano de Trabalho que será apresentado ao Ministério da Integração, por meio da Secretaria Nacional de Defesa Civil. O plano contempla o uso de parte dos R$ 10 milhões que o Governo Federal disponibilizou para atender as ações de socorro e assistência aos municípios atingidos pela seca.
Outra importante questão trazida à discussão foi o avanço dos municípios potiguares em relação aos documentos do Seguro Garantia Safra. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Agrário, dos 118 municípios do RN que ainda não haviam apresentado a documentação até a semana passada, apenas oito continuam em atraso. Os municípios que estiverem com a situação legal poderão receber o benefício a partir do próximo mês de agosto de 2012.
Bolsa Estiagem
Mais duas boas notícias é que o Governo Federal já está elaborando a relação dos beneficiários que serão contemplados com o Bolsa Estiagem e que a Companhia Nacional de Abastecimento garantiu a regularidade do fornecimento de milho. Para isso, a Conab já solicitou um novo carregamento do grão apesar de o estoque estar com apenas 40% da capacidade total.
O Comitê Estadual para Ações Emergenciais de Combate aos Efeitos da Seca reúne representantes de diversos órgãos municipais, estaduais, federais e entidades ligadas à agricultura. Além da governadora Rosalba Ciarlini, participam das reuniões o secretário de Estado de Assuntos Fundiários e Apoio à Reforma Agrária (Seara), representantes da Defesa Civil do Estado do RN, da secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e da Pesca (Sape), da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), da secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas), do Gabinete Civil, Articulação dos Municípios, Assessoria de Comunicação, Caern, Exército, do Ministério do Desenvolvimento Agrário, BNB, Dnocs, Conab, Fetarn e Faern. [A Ecoar]


--
Postado por AssessoRN - Jornalista Bosco Araújo no AssessoRN em 6/26/2012 09:56:00 PM

Nenhum comentário:

Postar um comentário