sexta-feira, 27 de julho de 2012

CARTA DA EUROPA 3
Um traço marcante da cultura inglesa é se queixar do tempo. Estes dias o inglês tem muito a se queixar, pois o verão não veio e chove dias a fio há 3 meses e a temperatura ronda uns parcos 17°C.
Os jogos olimpícos vem aí. Admiro-me com as providências de segurança tomadas. Ontem entrou na barra de Londres o HMS Ocean, um porta-helicópetros que atuará como comando militar para todo tipo de operações de segurança. Nas ruas os policiais terão que enfrentar os bandos de batedores de carteira, vindos dos países europeus, como a Romênia e Espanha, mais precisamente de Barcelona, onde o número deste tipo de ladrão é altíssimo.
Um recente programa de televisão inglesa pintou um quadro vivo da situação da obesidade na Inglaterra e demonstrou bem claramente que o governo não é muito firme em relação à indústria alimentícia e parece temê-la. O apresentador finalizou prevendo que o governo só tomará medidas decisivas quando o NHS  (Serviço Nacional de Saúde) ficar tão sobrecarregado com os doentes obesos que não valerá mais a pena apoiar a indústria alimentícia.
Mas a notícia da semana ficou por conta do caso de um sudanês que recebeu status de refugiado, estuprou uma menor de 12 anos, foi para a prisão por três anos somente e depois recebeu permissão judicial de permanecer na Inglaterra. O juiz se fundamentou na legislação da Comunidade Européia que protege os direitos humanos. Na minha opinião, a legislação não vê o direito que os cidadãos têm de viver em paz, longe de criminosos hediondos. Este aspecto da lei dos países pertencentes à Comunidade Européia está causando muito ressentimento na Inglaterra e provalvelmente influenciará o resultado do referendum sobre a permanência ou não deste país na Comunidade, referendum este que provalvemente acontecerá no futuro próximo.

Enquanto a sociedade como um todo permanece quieta frente aos últimos acontecimentos , o barulho fica por conta no momento das gaivotas. Elas fazem  parte do ambiente inglês e não há nada parecido no Brasil. Por estas bandas, principalmente nas regiões litorâneas, as gaivotas craquejam num barulho ensurdecedor, principalmente ao entardecer. Em menor número existem os “corvos”, um pásaro grande e preto, muito feio que craqueja alto. Em número menor ainda estão as “pegas”, um pássaro menor da família dos corvos, mas muito bonito. Na próxima carta descreverei várias coisas do ambiente inglês. Por exemplo, você sabe o que é uma “loja de caridade” ?
Maria English (Gracinha)
Julho 2012 -  Portsmouth, INglaterra
 ***
Maria das Graças English é natalense e filha de Maria Natividade Cortez Gomes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário