sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Policial civil atacado e agredido por bandidos em Cotovelo, litoral sul.

O agente policial civil Reno Rodrigues foi atacado por dois bandidos armados, no final da tarde do dia 29 de dezembro, na RN 063, em Cotovelo, praia do litoral de Parnamirim. Reno, 44, casado, natural de Caicó, professor de educação física, se preparava para sair da casa da sua tia, a dentista Socorro Rodrigues, "Neínha", com duas crianças, no seu  carro, quando foi abordado por um bandido que desceu de uma motocicleta. Com o cano da arma "no pé do ouvido", segundo um familiar residente em Natal, Reno não teve como reagir e foi forçado a entrar com os meninos na casa, onde foram trancados no banheiro. Os bandidos fizeram uma varredura no carro de Reno e acharam o revólver e a carteira de policial civil do Estado. Segundo a fonte, um dos bandidos disse: "Ah, então você é oolícia, né?". Em seguida, Reno, amarrado, começou a levar chutes e socos, enquanto os meninos choravam e gritavam, mas ninguém apareceu para socorrê-los. Resultado: os bandidos levaram a arma e distintivo de Reno Rodrigues e vários utensílios domésticos de propriedade de sua tia e de outros familiares que tinham saído. A família Rangel Rodrigues estava se preparando para o reveillon.
Os bandidos não foram localizados até a tarde de ontem, 5, sete dias depois do assalto, mas estaria havendo total empenho das polícias para prender os dois motoqueiros-bandidos que agiram de caras limpas. Reno estaria se recuperando dos ferimentos no rosto e no tórax.

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Será que Jean Paul Prates vai comentar sobre a bateria da China?

China cria bateria do tamanho de um campo de futebol - a maior do mundo!

Com potência de 36 megawatts-hora, bateria foi ligada a um sistema que aumenta eficiência da energia renovável em até 10%
05 de Janeiro de 2012 | 15:47h
Compartilhe:
3
Share
Imprimir


Reprodução
Maior bateria do mundo
A distribuidora estatal de energia elétrica da China se uniu à fabricante de carros elétricos BYD para criar a maior bateria do mundo, que tem capacidade de armazenar 36 megawatts-hora de eletricidade, segundo o Popsci.

Com potência para fornecer energia para 12 mil casas durante uma hora e com investimento de US$ 500 milhões, a bateria é "pouco maior que um campo de futebol", de acordo com a estatal, e tem como objetivo aumentar a eficiência de energia renovável na província de Hebei em 10%.

A bateria foi conectada a um sistema de 140 megawatts de energia solar e eólica e a um sistema de transmissão de energia inteligente. Esses elementos, juntos, permitem que a China consiga gerar energia renovável mesmo em condições adversas, e ainda consegue armazenar o excesso gerado durante o dia dentro da bateria.

Na China, o que se comenta é que essa é apenas a primeira bateria desse nível que entrou em ação. Outras devem ser feitas no futuro, no que os chineses chamam de "modelo do futuro de desenvolvimento de energia renovável".

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Missa por Ney da Silva Gurgel morto por tresloucada.

Nei Gurgel.
Será amanhã, 4, a missa de sétima dia por Ney da Silva Gurgel (02.06.1930 - 04.12.2011), na igreja de Santa Teresinha, Tirol, às 17h30m, conforme aviso publicado na Tribuna do Norte de domingo. Ney Gurgel, como era conhecido o professor de física da UFRN, foi morto na noite de 4 de dezembro de 2011, último dia de bacanal do Carnatal, nas proximidades do Miduei, em Lagoa Seca, por uma mulher supostamente tresloucada que dirigia um veículo em alta velocidade e desejava chegar ao local do famigerado Carnatal. CHEIA DE CANA? Só se sabe que a vítima teve morte instantanea, na faixa de pedestre, abaixo do semáforo que estava em Vermelho para a condutora do carro que estava "doida" para chegar ao Carnatal, segundo informações de amigos do professor Ney Gurgel.
Nascido em Natal, filho do dentista José Gurgel, o professor Ney Gurgel residiu muitos anos na rua Felipe Camarão, Cidade Alta. Foi remador na juventude, professor de física do Atheneu e do curso de biofísica da UFRN. Deixou viúva a sra. Libânia e dois filhos (William Kelvin e Cássia) e netos.