terça-feira, 4 de setembro de 2012

Cuidado Natal! Eles estão nos enganando, segundo o professor João Felipe.

Quem trabalha com História e Genealogia e ver sua cidade regredindo não pode deixar passar tudo isso em branco. Houve um esforço muito grande no passado para que nós estivessemos aqui. Já é tempo de todos lutarem por educação e saúde de qualidade, além de segurança e habitação.
http://putegi.blogspot.com.br/2012/09/cuidado-natal-eles-estao-nos-enganando.html

Começa hoje exibição de filmes inteligentes.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
O balanço do Oscar 2012 foi apenas um pretexto – cinéfilos e profissionais da indústria cinematográfica adoram filmes sobre cinema! Pensando em O Artista e A Invenção de Hugo Cabret, mas também em um sem número de belas obras já feitas sobre a arte de fazer filmes e sobre a paixão de fãs pela sétima arte, o Cineclube Natal programou uma mostra para os amantes… do cinema! As exibições começam no próximo dia 4, e vão até o dia 9 de setembro, no Teatro de Cultura Popular, em Petrópolis, sempre às 18h30, e o Cineclube cobra apenas uma taxa de manutenção de R$ 2 por filme.
 
Para proporcionar um panorama não convencional do que já foi feito por cineastas clássicos e outros da chamada vanguarda, a escolha partiu do critério da diversidade. De Ettore Scola a Abbas Kiarostami, uma série de filmes foi cogitada para que o cinéfilo natalense pudesse ter uma ideia das homenagens que já foram realizadas pelo mundo. Entraram na lista não só filmes metalinguísticos, ou seja, que falam sobre o fazer cinematográfico, mas também outros que evocam a devoção de cinéfilos apaixonados.
 
A mostra também combina com o momento atual vivido pelo Cineclube Natal, que reformou sua sede no Mercado de Petrópolis e vem reunindo cinéfilos aos sábados pela manhã para bate-papos informais sobre cinema. “Filmes como Splendor, por exemplo, falam dessa paixão por cinema e têm muito a ver com o nosso momento, de reformulação”, destaca Gian Marchi, membro da diretoria do Cineclube Natal.
 
A tarefa de fechar a lista não foi fácil. Ao final, o objetivo cineclubista de formação de plateia e exibição de obras pouco disponíveis no mercado deve ser cumprido: há filmes da Islândia, da Polônia e do Irã. Tudo para comprovar a tese de que amor por cinema independe de nacionalidade, etnia ou religião. [por Cineclube Natal > confira a lista de filmes que serão exibidos na Mostra, com as respectivas sinopses]


--
Postado por AssessoRN - Jornalista Bosco Araújo no AssessoRN em 8/31/2012 08:42:00 AM