sexta-feira, 14 de março de 2014

Jaques de Molay: queimado vivo em 18.03.1314 por ordem do Papa Clemente V.

Amigos, vamos recordar Jacques de Molay nos 700 anos de sua trágica morte. Tome nota: o dia é 18.03.2014, terça-feira ! 

Jacques de Molay foi queimado vivo no dia 18.03.1314, há, portanto, 700 anos no próximo 18.03.2014, por ordem do papa Clemente V - o francês Bernard de Grot, ex-arcebispo de Bourdeau, que transferiu o papado para Avignon, e do rei  Felipe IV, mais conhecido como Felipe o Belo. De Molay foi o 23° e último Grande Mestre da Ordem dos Cavalheiros Templários, ou, simplesmente, dos Templários.
Preso em 1307, foi, juntamente com muitos outros templários franceses, torturado e forçado a fazer confissões totalmente fabricadas, falsas. Foram todos para o pelourinho. Felipe estava endividado até o pescoço. Os Templários eram seus maiores credores. Dividiu com o corrupto pontífice Clemente V, a imensa fortuna amealhada pela Ordem de quase 200 anos de existência àquela época. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário