sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

STJ isenta radiotaxi de pagamento de COFINS. Catadores de lixo vão receber milhões do BNDES. Mas aonde? Em São Paulo, claro....


 19 de Dezembro de 2014Data Meio---www.easycoop.com.br
 
Olá, como vai?!
 
Gostaria de dividir contigo algumas notícias importantes para o cooperativismo em todo país. 
 
As cooperativas de taxi conquistaram o reconhecimento da isenção da incidência da COFINS através da decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Isso é muito positivo e deve servir como parâmetro para outros segmentos do cooperativismo em todo o país. 
 
Conversamos com o Dr. Fábio Godoy, que foi o advogado nesta ação, e pedimos para ele um artigo explicando passo a passo como tudo se deu e ele nos encaminhou um artigo que abaixo compartilho contigo.
Também gostaria de lembrar que tramitam duas emendas na Medida Provisória 656/2014 que trazem o tratamento tributário adequado para as cooperativas de trabalho de todo País. Uma emenda que trata do PIS e COFINS e outra do IRRF. O autor de ambas é o Deputado Federal Rodrigo Garcia. Elas garantem às cooperativas o adequado tratamento tributário do PIS, COFINS e IRRF.
 
Meu outro destaque vai para o trabalho desenvolvido pelo MNCR (Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis) que realizou a Expocatadores 2014, evento que aconteceu de nos dias 01 a 03 de dezembro no Anhembi/SP.  O evento teve destaque nos maiores meios de comunicação do país, contando com a Presença da Presidente Dilma, Ministros, Secretários de Estado e diversos parlamentares importantes. Mas o que merece destaque é o poder de organização destes cooperados humildes, que são pessoas simples, com sonhos de terem um meio de sobrevivência melhor dia a dia, mas continuando a reciclar materiais. Ver o amor, a garra e a determinação deles é algo que nos enche o coração de solidariedade. Eles estão de parabéns! Mais uma vez mostraram como estão progredindo!
 
Beijos! E segue abaixo as principais notícias do cooperativismo.

Sandra Campos
Presidente
FETRABRAS – Federação Nacional dos Trabalhadores Cooperados
Editora Chefe - Portal e Revista EasyCOOP
Telefone: 11-3256-6009 ou 11-5093-5400
Endereço da sede da FETRABRAS/SINTRACESP
Alameda dos Jurupis, 1005 - CJ 114 - Moema
e-mail: sandra@sindicatodocooperado.org.br
STJ Noticia decisão favorável à cooperativa de radiotaxi
ver mais
Taxistas comemoram mais uma vitória após decisão favorável do STJ
Mais uma cooperativa de táxis foi beneficiada pela decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) de reconhecer a isenção da incidência da Cofins (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social) sobre os valores pagos pelos passageiros às cooperativas de táxis e repassados a seus taxistas
ver mais
Taxistas cooperados estão livres do repasse da Cofins
A Segunda Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) reconheceu a inexistência de relação jurídico-tributária que obrigue o recolhimento de Cofins sobre os repasses aos taxistas cooperados dos valores recebidos pelos serviços por eles prestados em nome da cooperativa
ver mais
Presidenta Dilma Rousseff participa da solenidade de Natal dos Catadores de Materiais Recicláveis nesta quarta-feira
O terceiro dia da Expocatadores 2014 - evento que acontece de 01 a 03 de dezembro, no Parque Anhembi, em São Paulo, e contou com a presença da presidente Dilma Rousseff, às 10h
ver mais
Desafio da economia solidária é tornar o país mais justo, diz secretário
Singer discursou para os quase 1,5 mil participantes da 3ª Conferência Nacional de Economia Solidária (Conaes), aberta hoje (27).
ver mais
Catadores receberão R$ 42 milhões do BNDES, diz Haddad
O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, anunciou a liberação de R$ 42 milhões pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para reformas de cooperativas de catadores de materiais recicláveis
ver mais
Prefeito de São Paulo destaca política de reciclagem adotada em São Paulo em feira de catadores
A capacidade de reciclagem da cidade triplicou com a inauguração de duas centrais mecanizadas de triagem de resíduos e a ampliação da coleta seletiva
ver mais
Economia solidária espera fortalecimento por meio de políticas públicas
Marco regulatório que reconheça essa atividade e as especificidades que ela tem é uma das medidas esperadas
ver mais
Cooperativa de assentados fornece alimentos para evento beneficente em João Pessoa
Assentados ligados à Cooperativa dos Produtores Nordestinos da Agricultura Familiar (CPNAF), participaram, no último sábado (29), de um evento beneficente em parceria com a ONG Projeto Cidade Criança (Procic) e a Athletic Academia, no bairro José Américo, em João Pessoa
ver mais
Unicopas participa do Seminário Direito Humano à Alimentação Adequada e Agricultura Familiar
O presidente da União Nacional das Organizações Cooperativistas Solidárias (Unicopas), Luiz Possamai, participou de uma mesa de discussão do seminário "Direito Humano à Alimentação Adequada e Agricultura Familiar" nesta quarta-feira (26)
ver mais
Cooperativa usa biodiesel de óleo de cozinha para abastecer caminhões
Combustível é resultado de pesquisas do Centro Universitário de Araraquara. Acácia prevê que a reutilização do material deve gerar uma economia de 50%.
ver mais
CAE retoma análise da nova Lei das Cooperativas
A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) deverá retomar, na terça-feira (9), o exame do projeto de uma nova Lei das Cooperativas, em substituição à atual - Lei 5.764/1971.
ver mais
Embu assina convênio e inaugura galpão de reciclagem de produtos eletroeletrônicos
Dando continuidade as inaugurações marcadas para o último sábado, dia 29, a Prefeitura de Embu das Artes assinou parceria com a Cooperativa de Reciclagem de matéria prima de Embu das Artes - Coopermap, e dessa forma foi inaugurado o Galpão de Reciclagem de Produtos Eletroeletrônicos, na rua Oliveira no Jardim Santo Eduardo
ver mais
Hospital compra produtos da agricultura familiar do RS
Grupo hospitalar lança edital para aquisição de 27 produtos vegetais higienizados, para chegar aos hospitais prontos para preparo
ver mais
Mato Grosso: Proposta zera tributo de cooperativas e associações
As cooperativas e as associações de catadores de materiais recicláveis, consideradas microempresas ou de pequeno porte, podem ter reduzida a zero a carga tributária de ICMS
ver mais
Mulheres cooperativistas aprendem a fazer enfeites de Natal
Um grupo de 15 mulheres integrantes do Núcleo Feminino da Coapa, e outras ligadas à cooperativa e ao Sicredi, participou no sábado, 29 de novembro, de um curso de artesanato em feltro.
ver mais
Seminário Empresas Recuperadas por Trabalhadores acontece em São Bernardo do Campo (SP)
O Seminário acontece de 11 a 13 de dezembro, no auditório do Centro de Formação Celso Daniel, em São Bernardo do Campo, São Paulo
ver mais
Coamo distribuirá R$ 73 milhões dos lucros da safra para agricultores
Primeira parcela das sobras deve ser paga no dia 15 de dezembro. Cooperativa possui mais de 27 mil cooperados no PR, SC e MS.
ver mais
Agricultoras de assentamento paraibano aprendem corte e costura
As agricultoras do Assentamento União, localizado no município de Areia, a 122 quilômetros de João Pessoa, no Brejo paraibano, concluíram um curso de corte e costura que é oferecido para as assentadas como alternativa de renda
ver mais
São Bernardo planeja reciclar 10% do lixo coletado até 2016
Até o fim de 2016, a Prefeitura de São Bernardo espera reciclar 10% do lixo coletado na cidade.
ver mais
eSocial: Receita garante publicação das normas ainda em dezembro 
O Auditor Fiscal da Receita Federal do Brasil e Coordenador do Projeto eSocial, Daniel Belmiro Fontes, confirmou que ainda em dezembro serão publicados tanto a portaria que oficializa o manual e seu anexo I (leiautes dos arquivos), como da liberação da área para qualificação dos colaboradores
ver mais
Unisol Brasil promove Seminário em Manaus em busca de parcerias e convergências
A Unisol Brasil, dando continuidade ao seu trabalho de fortalecimento da cultura cooperativista, organizou na terça-feira, 02 de dezembro, em Manaus (AM), o Seminário "Parcerias que fortalecem a economia solidaria amazonense"
ver mais
Central Cresol Baser participa do VI Fórum sobre microfinanças na Angola
O Diretor Executivo e responsável pela área de ações estratégicas da Central Cresol Baser, Luiz Tomacheski, participou na última semana, do VI Fórum sobre micro finanças realizado em Luanda na Angola
ver mais
Budistas e muçulmanos trabalham em cooperativa de bambu no sul da Tailândia
Um grupo de budistas e muçulmanos trabalham lado a lado em uma cooperativa para fabricar objetos de bambu no conturbado sul da Tailândia, uma iniciativa incomum em uma das áreas mais violentas que vive um conflito que já tirou a vida de mais de seis mil pessoas desde 2004
ver mais
Arquitetos ganham cooperativa para financiar escritórios, projetos e empreendimentos 
Parceria entre o CAU/BR e Unicred tem início pelo Rio Grande do Sul e Santa Catarina
ver mais
Unicafes dialoga com Secretaria Nacional de Juventude
Membros da Unicafes estiveram na Secretaria Nacional de Juventude (SNJ) para apresentar as demandas dos jovens rurais cooperativistas na tarde de ontem (25) em Brasília
ver mais
Curta nossa p?gina no facebook!  Siga-nos no twitter!
Easycoop - São Paulo (11) 5533-2001
---www.easycoop.com.br
a decisão favorável à cooperativa de radiotaxi

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

BRASIL

Porto de Mariel indica que Brasil previa fim do isolamento cubano, dizem analistas

dw.de
Para especialistas, megaprojeto em Cuba com financiamento do BNDES é sinal de que governo brasileiro apostava numa reaproximação entre Washington e Havana, antecipando-se a investidores americanos.
O polêmico projeto do Porto de Mariel, em Cuba, indica que o Brasil estava prevendo o fim do isolamento imposto pelos Estados Unidos à ilha comunista e o relaxamento do embargo econômico, afirmaram especialistas ouvidos pela DW Brasil no início deste ano.
Meses depois da inauguração da primeira parte do porto, o presidente Barack Obama anunciou a retomada das relações diplomáticas com Havana nesta quarta-feira (17/12) e disse que pretende ter um "debate honesto e sério" com o Congresso sobre as perspectivas de um total levantamento do embargo comercial que já dura mais de meio século.
"O Porto de Mariel é visto como uma maneira de se antecipar aos investidores americanos", disse Oliver Stuenkel, professor de Relações Internacionais da FGV, na ocasião da inauguração do porto, em janeiro. O megaprojeto contou com financiamento do BNDES, e a presidente brasileira, Dilma Rousseff, foi à Cuba para a abertura da primeira parte do empreendimento.
Segundo Stuenkel, já se tinha no Brasil a concepção de que numa Cuba pós-Castro a liberalização da economia prosseguirá mais rapidamente e poderia levar ao levantamento do embargo americano.
Para o professor, o modo como os EUA lidavam com Cuba era visto em toda a região como "nada construtivo". O Brasil se preparava para entrar no lugar da Venezuela como o principal parceiro do regime cubano, considerou. "A Venezuela não consegue mais transferir, em longo prazo, ajuda de grande porte a Cuba, porque luta internamente com seus próprios problemas econômicos."
A agência de investimentos alemã GTAI também já apostava há um bom tempo no relaxamento do embargo a Cuba. Peter Buerstedde, especialista da agência, observou no início do ano que, como Raúl Castro quer permanecer na presidência apenas até 2018, existiam indicações de mudança em médio prazo nos rumos da ilha. "O Porto de Mariel poderá se tornar um centro de logística no Caribe quando os EUA levantarem o embargo", previu em declarações à DW Brasil.
Relações de longa data
Brasil e Cuba mantêm uma cooperação especial, que se tornou mais intensa nos últimos anos. Enquanto médicos cubanos desembarcam em território brasileiro, a ilha caribenha recebe produtos agrícolas. E agora ambos trabalham juntos no megaprojeto do Porto de Mariel.
Há muito tempo, o Ministério das Relações Exteriores brasileiro busca fortalecer os laços políticos com Cuba. "As relações Brasil e Cuba atravessam excelente momento. Por trás da cooperação existe uma visão compartilhada", afirmou o Itamaraty à DW, na época da inauguração do porto. "Nossos governos acreditam que não basta crescer; é preciso promover o desenvolvimento social e melhorar as condições de vida dos mais necessitados."
A construção do Porto de Mariel em Cuba foi, em grande parte, financiada pelo BNDES
O Brasil se vê como um dos motores do desenvolvimento, ainda que lento, da economia cubana. Em discurso na ilha caribenha por ocasião da inauguração do porto, Dilma não escondeu o desejo de reforçar a cooperação com o governo de Raúl Castro e chamou o bloqueio econômico a Cuba de "injusto".
"Laços profundos unem os nossos países, um sentimento de amizade aproxima nossas sociedades. O Brasil acredita e aposta no potencial humano e econômico de Cuba", afirmou a presidente. "Mesmo sendo submetido ao injusto bloqueio econômico. Cuba gera um dos três maiores volumes de comércio do Caribe. [...] O Brasil quer tornar-se parceiro econômico de primeira ordem para Cuba."
Investimentos estratégicos
Não é coincidência que o Porto de Mariel, maior projeto de infraestrutura em andamento em Cuba, esteja a cargo de uma empreiteira brasileira, a Odebrecht. O financiamento da obra também tem o governo brasileiro por trás: o BNDES aprovou empréstimos de 682 milhões de dólares para financiar a construção, que tem custo total de 957 milhões de dólares.
Dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) mostram o crescimento da parceria comercial entre os dois países. As exportações do Brasil para Cuba aumentaram de 80 milhões de dólares em 2003 para 568 milhões em 2012. De janeiro a setembro de 2013, o valor das exportações já atingia cifra próxima a 515 milhões de dólares.
Desde 1998, o BNDES garantiu empréstimos no total de 703 milhões de dólares a empresas brasileiras que investem em Cuba. Em 2013, Cuba foi o terceiro maior destino de financiamentos do banco para exportação de bens e serviços do Brasil. Para especialistas ouvidos pela DW, não há dúvida: os investimentos são estratégicos.

MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO

  • Data 17.12.2014
  • Autoria Astrid Prange (rc/lpf)

  • Link permanente http://dw.de/p/1E6Wp

CONTEÚDO RELACIONADO

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

domingo, 14 de dezembro de 2014

INSTITUTO HISTÓRICO E GEOGRÁFICO DO RN -


APÓS 112 ANOS DE EXISTÊNCIA, O INSTITUTO HISTÓRICO E GEOGRÁFICO DO RN E O LARGO VICENTE DE LEMOS, INAUGURAM SUA ILUMINAÇÃO NATALINA  


O JARDIM FOI TOTALMENTE REFEITO COM PLANTAS        DE FOLHAGEM COLORIDAS E INSTALADO UM MODERNO SISTEMA AUTOMATIZADO DE IRRIGAÇÃO 


 EM DESTAQUE O AVARANDADO DO LARGO VICENTE    DE LEMOS, CIRCULADO COM MANGUEIRAS COM ILUMINAÇÃO DE LED.

      A ILUMINAÇÃO NAS PALMEIRAS E NO PAUS BRASIL



           
                        EM DESTAQUE A COLUNA CAPITOLINA

O GRADIL QUE DIVIDE O ANTIGO PALÁCIO POTENGI, ATUALMENTE  PINACOTECA DO ESTADO, DO LARGO VICENTE DE LEMOS.


O IHGRN TOTALMENTE PINTADO, INTERNO E EXTERNAMENTE, INCLUSIVE PORTAS JANELAS E GRADES DE FERRO.








PORTAS E JANELAS CONTORNADAS COM MANGUEIRA ILUMINADAS 

               RESPEITO E DIGNIDADE PARA A 
                        "CASA DA  MEMÓRIA"