quinta-feira, 23 de março de 2017

Empresário suspeito de comandar quadrilha é preso em Bananeiras, PB

23/03/2017 07h58 - Atualizado em 23/03/2017 07h58


Segundo PC, ele liderava grupo que explodia caixas eletrônicos na PB e PE.
Suspeito tentou fugir, mas foi preso no Agreste paraibano.

Do G1 PB
Empresário, acusado de chefiar quadrilha especializada em explosões de caixas eletrônicos, foi preso na cidade de Bananeiras, na Paraíba (Foto: Diogenes Fernandes/Polícia Civil)Empresário, acusado de chefiar quadrilha especializada em explosões de caixas eletrônicos, foi preso na cidade de Bananeiras, na Paraíba (Foto: Diogenes Fernandes/Polícia Civil)
O empresário Erivaldo Nascimento dos Santos, 39 anos, foi preso na madrugada desta quinta-feira (23) na cidade de Bananeiras, no Brejo paraibano. Ele é suspeito de liderar uma quadrilha especializada em explosões de caixas eletrônicos nos Estados da Paraíba e Pernambuco.
De acordo com informações da Polícia Civil, a prisão do empresário aconteceu após uma denúncia anônima e ocorreu num condomínio no distrito Chã de Lindolfo, zona rural de Bananeiras. Ele ainda tentou fugir pulando um muro e se machucou, mas acabou capturado pelos policiais. No momento em que foi capturado , o suspeito estava portando documentos falsos.
Ainda conforme a Polícia Civil, a suspeita é que o empresário estivesse planejando outro ataque a explosões de caixas eletrônicos na região paraibana. Ele vai responder pelos crimes de falsidade ideológica, associação criminosa, furto qualificado e roubo. Erivaldo Nascimento  foi encaminhado para a Delegacia de Solânea, onde prestou depoimento e deve ser levado para a cadeia pública da cidade.
Erivaldo Nascimento dos Santos é suspeito de ser um dos líderes de uma quadrilha que explodia caixas eletrônicos na Paraíba e no Pernambuco e já havia tido o mandado de prisão expedido pela Justiça na quarta-feira (22). Ele é apontado como o dono de um arsenal que foi encontrado nas cidades de Queimadas e Barra de Santana, no mês de novembro do ano passado.
Ainda conforme a Polícia Civil, o empresário Erivaldo Nascimento dos Santos, conhecido como "Neguinho do Gás", atua em Campina Grande, no ramo de revenda de gás de cozinha e similares. A investigação já durava meses e após exames periciais ficou constatado que  as armas apreendidas serviam a uma quadrilha que explodia caixas eletrônicos. Dentre os armamentos estavam fuzis de fabricação russa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário